TAO

A cosmovisão taoísta teve grande influência na Medicina Tradicional Chinesa. 

Para além do Espaço e do Tempo o olhar poético dos sábios visionários da China antiga contempla o momento mágico em que o mundo precede a forma - o Céu Anterior - desdobra-se nas imagens tangíveis das "dez mil coisas" - o domínio do Céu Posterior, reino da matéria e dos produtos da Terra.

Entre a perenidade do Céu e a secularidade da Terra emerge o Ser Humano, o Meio, cuja vocação é superar sua condição de prisioneiro do tempo e dos instintos e reconciliá-la com as aspirações ao divino como habitante da eternidade. Por essa 

Grande Tríade manifesta-se o Tao, o Caminho. Ao Ser Humano, síntese e mediação dos Dois Mundos, cabe conferir significação a existência e "retornar ao Centro da Roda de onde nunca saiu".

O corpo é território do sagrado, os Meridianos são os caminhos do Chi.

CHI (vapor, sopro, energia)

Toda a operação no corpo humano apoia-se no fluxo do Chi "através dos trajetos pré-existentes" denominados "rios de Chi", traduzidos pelo termo Meridianos. Apoiados nos órgãos físicos que lhe servem de base material os doze Meridianos espelham-se nos dois lados do corpo transportando a energia nutritiva extraída dos alimentos. É por essa Grande Circulação que o complexo meridiano-órgão-função integra a unidade corpo-mente e ordena seu diálogo com o mundo.

Conduzindo o Chi herdado, responsável pela constituição e por todas as qualidades inatas da pessoa - dois Vasos Extraordinários centrais preservam o equilíbrio Yin-Yang dos doze Meridianos regulares e fornecem sustento a todas elaborações que têm lugar nos santuários do corpo.

O exercício das artes terapêuticas chinesas é manter abertos esses caminhos que conduzem a vida.

Poema extraído de *Tao Te Ching (600 a.C)

 

Capítulo 47

Sem sair da porta

Pode-se conhecer o mundo

Sem ver através da janela

Pode-se conhecer o Caminho do céu

Quanto mais longe saímos

Tanto menos conhecemos

Por isso, o sábio 

Conhece sem caminhar

Reconhece sem ver

Realiza sem agir

*Livro escrito por Lao Tsé, inspirou filosofias do Taoísmo e Zen-budismo, além disso, contém os princípios da Medicina Tradicional Chinesa.

Imagem do livro The Cat and the Tao (Kuen Shan Kwong)

Enf. Ândrya Nayane

Coren-RS 271600

Graduação Enfermagem- UFRGS

Residência em Saúde Mental- HCPA/UFRGS

Especialização em Acupuntura- IBRAMPA

Acupuntura para harmonizar corpo e mente.

Bem-estar e saúde como um todo.

Rua Barão do Triunfo, 720, sl. 208

Menino Deus, Porto Alegre, RS